Logotipo
   
          home contactos
links
apresentação mandato composição presidente estrutura regulamento directivas
procurar
 

CNE delibera sobre os delegados de lista suplentes e sua presença nas mesas

23/08/2017

A Comissão Nacional Eleitoral, aprovou uma Directiva que determina que os Delegados de Lista Suplentes, devem ocupar as Mesas que não foram preenchidas com Delegados efectivos por algumas formações politicas.

Com este Directiva a CNE, pretende que todas as Mesas das Assembleias de Voto estejam cobertas com os Delegados de Lista, que têm a Missão de fiscalizar o processo de votação no dia 23 de Agosto.

Os Membros da CNE, dirigidos pelo Presidente André da Silva, estiveram reunidos na sua vigésima terceira sessão extraordinária, num encontro que visou fazer uma abordagem concreta sobre o credenciamento dos Delegados de Lista.

A Porta-voz da CNE, Júlia Ferreira, disse que a Comissão Nacional Eleitoral, cumpriu com os parâmetros estabelecidos na Lei, interagiu com os Partidos e Coligação de Partidos no sentido de credenciar o numero suficiente de Delegados de Lista efectivos e suplentes.

A CNE, prorrogou os prazos de apresentação das Listas dos Delegados para que as formações pudessem cobrir todas as Mesas das Assembleias de Voto, mas mesmo assim não foi possível.

Para se chegar a um consenso a CNE, dialogou permanentemente com os Mandatários dos Partidos e Coligação de Partidos Concorrentes e ficou acordado que a Comissão Nacional Eleitoral, deveria criar as condições técnicas para que fossem as próprias formações politicas a inserir os Delegados de Lista no sistema e as CME´s imprimiriam as credencias destes agentes Eleitorais.

Mas mesmo assim até ao dia 13 de Agosto, algumas formações politicas não conseguiram cumprir com a apresentação das Listas a CNE, dificultando assim o processo de impressão das credenciais.

Por este e outros tantos motivos a CNE, deliberou que os Delegados suplentes pudessem preencher as Mesas que não existiam estes representantes das formações politicas concorrentes, para que todas as Mesas fossem cobertas no dia da votação. Esta Decisão do Plenário, foi um dos principais motivos do encontro que foi realizado nesta terça feita um dia antes das eleições com os líderes dos Partidos Políticos concorrentes as Eleições de 23 de Agosto.

A saída do encontro os quatro (UNITA, PRS, APN e FNLA) representantes das seis candidaturas, afirmaram que a decisão da CNE é louvável, mas peca por ter sido tardia. O MPLA, é a única formação politica que tem o numero de Delegados de Lista para todas as Mesas das Assembleias de Voto, por este motivo não teve o que reclamar. A CASA-CE, por ter abandonado o encontro no inicio e não ter permitido que a sua mandataria ficasse, ficou sem saber qual foi a decisão tomada pela CNE.

A Porta-voz, Júlia Ferreira, afirmou que, a responsabilidade da não cobertura dos Delegados de Lista em todas as Mesas das Assembleias não pode ser imputada à Comissão Nacional Eleitoral, porque todo este processo foi conduzido com base na Lei e para este efeito este órgão eleitoral, aprovou varias Directivas com objectivo de tornar mais prático e facilitar ainda mais a concretização desta tarefa por parte dos Partidos e Coligação de Partidos Políticos concorrentes.

 

 
 
06/09/2017 - Novas reclamações dos partidos concorrentes, reprovadas pela CNE

07/09/2017 - CNE divulga resultados finais das eleições gerais de 23 de Agosto

04/08/2017 - Presidente da CNE repudia declarações de partidos e considera haver ma fé

04/09/2017 - Novas reclamações apresentadas a CNE consideradas improcedentes

29/08/2017 - Plenário reúne para analisar reclamações da UNITA e CASA-CE mas declara-as improcedentes

31/08/2017 - Cuanza Sul apresenta resultados final das Eleições Gerais

31/08/2017 - Província do Zaire votou sem incidentes relevantes

23/08/2017 - CNE delibera sobre os delegados de lista suplentes e sua presença nas mesas

21/08/2017 - Presidente Silva Neto considerou campanha eleitoral pacífica

21/08/2017 - Missão de observação da CPLP recebida por Silva Neto

última
Última Presidente da CNE repudia declarações de partidos e considera haver ma fé  
Edifício da CPE da Cabinda inaugurado pelo presidente da CNE
 
Os MAV na Lunda-Norte preparados para o acto de votação
 
 
actualidade
Última Novas reclamações dos partidos concorrentes, reprovadas pela CNE  
Novas reclamações apresentadas a CNE consideradas improcedentes
Cuanza Sul apresenta resultados final das Eleições Gerais
 

agenda

visitas

actividades

 
aestórias

Estórias

CNE - Comissão Nacional Eleitoral - Todos os Direitos Reservados - Design: CNE ©2007