Logotipo
   
          home contactos
links
apresentação mandato composição presidente estrutura regulamento directivas
procurar
 

Formadores nacionais iniciaram formação para membros das mesas de voto

07/07/2017

São ao todo quarenta, o número de Formadores Nacionais que estão a ser capacitados, em Luanda, com ferramentas essenciais que vão permitir administrar a formação aos Formadores Provinciais que por sua vez irão preparar os Membros das Mesas das Assembleias de Voto para as Eleições Gerais do dia 23 de Agosto de 2017.

Esta formação é marco de acções em cascata que a Comissão Nacional Eleitoral pretende desenvolver, até a capacitação dos agentes que vão trabalhar no dia e nos locais de votação nas próximas eleições.

A Formação de Formadores Nacionais para os Membros das Mesas das Assembleias de Voto, terá duração de cinco dias e visa dotar os participantes de conhecimentos técnicos e práticos sobre o manuseamento dos materiais eleitorais constantes nos kits bem como habilitá-los com conteúdos teóricos e práticos da votação e do apuramento dos resultados.

Durante os dias de formação, os participantes vão igualmente ser capacitados de conteúdos práticos sobre: Operações Preliminares; Votação; Contagem; Acta das operações eleitorais; Actas Síntese; Encerramento das Mesas e das Assembleias de Votos; Modelos de Boletins de Votos; Modelo do exercício de voto fora da mesa de voto em cujo caderno eleitoral está inscrito; Modelo de reclamação sobre os actos do processo eleitoral;Modelo da Pauta de contagem de voto; Modelo do Termo de entrega dos sacos invioláveis à Comissão Municipal Eleitoral e Modelo do Termo de entrega do Envelope H à Comissão Municipal Eleitoral.

Convidado a proceder a abertura do acto, o Comissário Nacional, Agostinho Lima, em representação do Presidente da CNE, afirmou que com a realização desta formação, dá-se início a um grande desafio que mobilizará mais de 100.000 Agentes Eleitorais, que vão trabalhar nas Mesas das Assembleias de Voto.

Agostinho Lima chamou atenção dos participantes, sobre a responsabilidade que têm, “pois o processo eleitoral é muito dinâmico, sem grande margem de erro, é muito absorvente e exige de todos muita disciplina não só na transmissão dos conceitos e conhecimentos práticos, como também da conduta social”.

 

 
 
07/07/2017 - Formadores nacionais iniciaram formação para membros das mesas de voto

09/07/2017 - Manual dos MAV e critérios para a sua selecção aprovados pelos membros da CNE que também entregaram cópia do mapeamento aos partidos

06/07/2017 - Segurança nas Eleições garantida pelo Ministro do Interior

06/07/2017 - CNE exige transparência na gestão da verba atribuída aos concorrentes às Eleições de 2017

04/07/2017 - Membros de nove CPE’s empossados em Luanda

04/07/2017 - Plenário aprova entidades a convidar para observar o processo eleitoral

04/07/2017 - Empresa Deloitte será convidada a fazer auditoria ao Ficheiro Informático dos cidadãos

22/06/2017 - Sociedade Civil responde o apelo da CNE em participar na mobilização dos eleitores

21/04/2017 - Agentes de Educação Cívica Eleitoral no Bié já realizam actividades

20/06/2017 - CNE garante diálogo permanente com as Igrejas neste processo eleitoral

última
Última Segurança nas Eleições garantida pelo Ministro do Interior  
Membros de nove CPE’s empossados em Luanda
 
Plenário aprova entidades a convidar para observar o processo eleitoral
 
 
actualidade
Última CNE exige transparência na gestão da verba atribuída aos concorrentes às Eleições de 2017  
Empresa Deloitte será convidada a fazer auditoria ao Ficheiro Informático dos cidadãos
Sociedade Civil responde o apelo da CNE em participar na mobilização dos eleitores
 

agenda

visitas

actividades

 
aestórias

Estórias

CNE - Comissão Nacional Eleitoral - Todos os Direitos Reservados - Design: CNE ©2007