Logotipo
   
          home contactos
links
apresentação mandato composição presidente estrutura regulamento directivas
procurar
 

CNE garante diálogo permanente com as Igrejas neste processo eleitoral

20/06/2017

A Comissão Nacional Eleitoral, realizou nesta terça-feira um encontro informativo com líderes religiosos com objectivo de estreitar e fortalecer os canais de diálogo existentes, que considera plenamente funcionais.

Neste encontro a CNE, discutiu abertamente as diferentes possibilidades de interajuda e solicitou uma vez mais, o apoio das entidades religiosas, que têm um papel fundamental na ajuda para a implementação da campanha de educação cívica eleitoral para as eleições gerais de 2017.

Neste momento a CNE, está engajada na preparação de todas as condições materiais e técnicas para a realização de um processo eleitoral, livre, justo e transparente, que sirva para a consolidação da paz e da democracia multipartidária.

Como as igrejas no nosso país, jogam um papel insubstituível na pacificação dos espíritos, na aceitação das diferenças e sobretudo na construção de uma sociedade harmoniosa e de concórdia, propósitos e ideais que também movem a CNE.

O Pastor Pedro Andrade da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), no final do encontro mostrou-se de boa impressão do mesmo, porque a que a CNE reconheceu o potencial da igreja que de forma muito célere influencia positivamente os fiéisa passar mensagens de participação, mostrando-se disponível a partilhar neste processo o dialogo com os seus fieis.

O Pastor Aníbal Fernando Daniel, daMissão Evangélica Pentecostal de Angola (MEPA), apelou a CNE, a manter um diálogo permanente com todos actores deste processo, para que no final todos possam sair vitoriosos e os vencedores, vençam de forma justa, os que perderem respeitem os resultados e evitem evocar situações que possam manchar a Comissão Nacional Eleitora e todos os seus parceiros.

O Secretário Executivo Profética Vencedora no Mundo, Filipe de Oliveira, afirmou que a sua igreja vai retransmitir aos seus fiéis, a mensagem da CNE, em transformar as Eleições Gerais de 23 de Agosto numa festa e mostrou –se disponível em colaborar com a ComissãoNacional Eleitoral, na sua Campanha de Educação Cívica, de maneirasa que todos participem, que vivam a diferença, que escolham os futuros lideres de Angola e que cada um possa contribuir com o seu saber para o desenvolvimento do país.

E o Bispo da Igreja Toquista, Dom Afonso Nunes, apelou aos concorrentes as estas eleições, a resolverem os problemas que vierem a surgir durante o processo com base na Lei e no diálogo, para que de forma saudável se chegue a um entendimento e se busquem consensos, pois os discursos inflamados podem desanimar o eleitor que deve participar destas eleições.

O Presidente da Comissão Nacional Eleitoral, André da Silva Neto, assegurou que, apesar da tarefa complexa que a CNE tem, tudo está a fazer, para que as eleições de Agosto de 2017, correspondam com as expectativas e as aspirações mais sublimes dos angolanos.

O presidente Silva Neto evocou o Salmo 133 versículo 1 “OH! Quão bom é que os irmãos vivam em união” na sua intervenção referindo também o interesse primeiro da CNE na conclusão do processo num clima de harmonia dentro do espirito e da letra da constituição e da legislação em vigor.

Temos esperança de que os resultados sejam uma consequência directa da vontade dos eleitores, exercida em plena consciência, liberdade e transparência”.

 

 
 
07/07/2017 - Formadores nacionais iniciaram formação para membros das mesas de voto

09/07/2017 - Manual dos MAV e critérios para a sua selecção aprovados pelos membros da CNE que também entregaram cópia do mapeamento aos partidos

06/07/2017 - Segurança nas Eleições garantida pelo Ministro do Interior

06/07/2017 - CNE exige transparência na gestão da verba atribuída aos concorrentes às Eleições de 2017

04/07/2017 - Membros de nove CPE’s empossados em Luanda

04/07/2017 - Plenário aprova entidades a convidar para observar o processo eleitoral

04/07/2017 - Empresa Deloitte será convidada a fazer auditoria ao Ficheiro Informático dos cidadãos

22/06/2017 - Sociedade Civil responde o apelo da CNE em participar na mobilização dos eleitores

21/04/2017 - Agentes de Educação Cívica Eleitoral no Bié já realizam actividades

20/06/2017 - CNE garante diálogo permanente com as Igrejas neste processo eleitoral

última
Última Segurança nas Eleições garantida pelo Ministro do Interior  
Membros de nove CPE’s empossados em Luanda
 
Plenário aprova entidades a convidar para observar o processo eleitoral
 
 
actualidade
Última CNE exige transparência na gestão da verba atribuída aos concorrentes às Eleições de 2017  
Empresa Deloitte será convidada a fazer auditoria ao Ficheiro Informático dos cidadãos
Sociedade Civil responde o apelo da CNE em participar na mobilização dos eleitores
 

agenda

visitas

actividades

 
aestórias

Estórias

CNE - Comissão Nacional Eleitoral - Todos os Direitos Reservados - Design: CNE ©2007